sábado, 7 de junho de 2008

UM NOVO CORAÇÃO

Não tente fazer funilaria numa natureza sobre a qual Deus declarou perda total
Você notará... Deus não tem prometido aperfeiçoar nossa natureza ou remendar nossos corações partidos. Não, sua promessa consiste em nos dar um novo coração e um espírito de retidão. A natureza humana está muito longe de ser apenas melhorada. Não é como uma casa que precisa de pequenos reparos, tais como substituir uma telha ou fazer um reboco no teto. Ao contrário, ela está completamente corrompida. Até o seu alicerce está arruinado. Do teto ao alicerce, não há uma viga sequer que não tenha sido comida pelos cupins. Não existe mais solidez, está toda apodrecida e pronta para desabar, segundo nos informa a Palavra de Deus: “Somos como o impuro – todos nós! Todos os nossos atos de justiça são como trapo imundo. Murchamos como folhas, e como o vento as nossas iniqüidades nos levam para longe.” (Isaías 64:6 / NVI).
Deus não faz tentativas ou experimentos como o homem; Ele não escora as paredes com estacas ou pinta novamente as portas; não ornamenta e embeleza, mas determina que a velha casa seja completamente derrubada, e uma nova seja construída em seu lugar. Como já mencionei, isto é mais do que ser restaurada ou melhorada. Se apenas algumas peças estivessem em mau estado, poderiam ser consertadas. Se tão-somente uma ou duas engrenagens desta grande máquina chamada “humanidade” estivessem quebradas, o Criador colocaria tudo em ordem. Trocaria as peças quebradas, substituiria a roda danificada, e a máquina voltaria a trabalhar. Não há sequer uma alavanca que não esteja quebrada ou eixo sem estragos; nenhuma das engrenagens funciona corretamente. A cabeça está doente e o coração completamente debilitado. Da sola dos pés à cabeça, a raça humana está toda infestada de chagas e feridas pútridas. Por isso, o Senhor, não pensa em apenas um simples reparo. Ele diz: “Darei a vocês um coração novo e porei um espírito novo em vocês; tirarei de vocês o coração de pedra e lhes darei um coração de carne” (Ezequiel 36:26).
Todavia, para que esta “cirurgia” divina ocorra, Deus requer que a pessoa confie somente em Jesus Cristo, recebendo-o, pela fé, como seu único e suficiente Salvador, Senhor e Deus, a fim de que tudo se faça novo na sua existência, “Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que tudo se fez novo”; “Não por causa dos atos de justiça por nós praticados, mas devido à sua misericórdia, ele nos salvou pelo lavar regenerador e renovador do Espírito Santo, que ele derramou sobre nós generosamente, por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador. Ele o fez a fim de que, justificados por sua graça, nos tornemos seus herdeiros, tendo a esperança da vida eterna” (2 Coríntios 5:17; Tito 3:5-7 / NVI). Não tente fazer funilaria numa natureza sobre a qual Deus declarou “perda total” (P.T.). Volte-se para o sacrifício de Jesus Cristo derramado naquela cruz, clamando “ao que ressuscitou pelos séculos dos séculos” por Salvação e novo nascimento, para receber dEle “um novo coração”.

2 comentários:

Edimar Suely disse...

Olá,

Passei para conhecer seu edificante espaço e desejar um lindo domingo e áz.

Smack!

Edimar Suely
jesusminharocha.blig.ig.com.br

IUEP - Parada de Lucas disse...

Esperando uma vistinha no nosso blog

http://iuep-lucas.blogspot.com