segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

DISCIPLINA

Ao olhar para trás, você é capaz de perceber quantos sonhos não se realizaram? Quantos projetos não se tornaram realidade? E toda a decepção que hoje você enfrenta não se deve ao fato de a realidade em que você vive ser diferente da que havia em seus sonhos do passado? Creio que ninguém planeja e busca um futuro com sofrimentos e dificuldades. E você e eu não somos uma exceção a essa regra. É claro que as expectativas para com o futuro sempre foram maravilhosas, mas a realidade que veio não foi tão maravilhosa como era nos nossos sonhos. E então perguntamos: “Onde está Deus, que não permitiu que meus sonhos se tornassem realidade?”.
Digo isso, porque pensamos que Deus irá preparar um grande futuro, com muitas coisas boas. Mas as circunstâncias que aparecem são de sofrimento e angústia. E é por causa disso que muitos estão tristes e amargurados com Deus, embora não reconheçam que isso seja verdade. Decepcionamo-nos com o Senhor porque sempre esperamos da parte Dele um tratamento diferente do que o tratamento que Ele nos dá. É nessa fase que questionamos: “Para que eu preciso de Deus?”. Será que aqui não está a nossa maior dificuldade? Será que a nossa maior tristeza para com Deus não está no tratamento que Ele está dispensando para nós? É por isso que nos decepcionamos com o Senhor e perdemos a motivação de ter uma vida em comunhão com Ele.
“Por que você precisa de Deus?”. Então, respondemos “Porque eu preciso ser abençoado!”. Esse é um dos nossos maiores enganos, porque nós vamos para o Senhor apenas para receber Dele alguma bênção, sendo que Deus quer nos disciplinar. Então, esperamos Dele uma bênção, mas o que recebemos é uma disciplina! E quem não se decepciona quando recebe de Deus uma circunstância disciplinadora? O resultado disso é a decepção e o abatimento, porque não entendemos o que Deus está fazendo! E para que você entenda, preste atenção no que está escrito em Hebreus 12:7: “...Deus vos trata como a filhos. Pois que filho há a quem o pai não corrige?”.
Será que você é o único filho que Deus não vai corrigir? Você, como parte da criação de Deus, não é uma exceção à regra da disciplina. Só que essa disciplina, na verdade, é a sua e a minha bênção! A correção de Deus te leva a desfrutar de tudo o que Ele é e de tudo o que Ele tem! E essa não é a maior bênção que alguém pode receber! Entretanto, enganosamente achamos que somos bons e não precisamos ser disciplinados por Deus. Esteja aberto ao que Deus quer lhe dar, porque tudo o que vem de Deus é bom!

Um comentário:

Sandra Regina disse...

É com grande prazer reconheço
que seu blog é mesmo um cantinho onde a verdade
reina e o que prega e a palavra reta e justa do
Senhor JESUS, eu estou te indicando ao
selo olha que blog maneiro e dardos...Que Deus te abençoe hoje
e sempre e continue te usando para pregar
a sua palavra e o seu amor.
beijos..espero que goste.
Vai lá no meu blog e veja as regras...
Obrigada
Sandra Regina